17 Passos Para Uma Criação de Frango Caipira de Sucesso

By | 26 de janeiro de 2017

frango caipira cozidoQue o frango caipira é um alimento delicioso todo mundo já sabe. Quem não gosta de sentar na mesa e ter um franco suculento preparado pela vó, naquela tarde de domingo. Aquele tempero que só ela conhece, deu até agua na boca não deu?

Mas o caminho desse frango até a sua mesa é que deve ser bem feito, ou seja, a criação dessa ave precisa ser feita de uma maneira que seja produzido um alimento de qualidade para quem vai consumir o produto.

Nesse artigo vamos acompanhar 17 passos para uma criação bem-feita de frango caipira.

RECOMENDO: 9 Cursos Essenciais Para o Criador

Cuide da alimentação

O manejo alimentar serve para que as necessidades das aves sejam supridas nos seus estágios de desenvolvimento e produção, potencializando o crescimento, a eficiência produtiva e a lucratividade da exploração. O custo total com alimentos representa 75% do custo total da produção de frangos.

Escolha uma ração para a fase inicial da criação

A alimentação faz toda a diferença nesse processo. Quando as aves estão nessa fase de desenvolvimento elas precisam de bastante energia para crescer mais rápido. O mercado dispõe de raçoes de qualidade que podem contribuir para isso.

Fabrique a ração em casa

Essa é uma alternativa que você pode adotar para alimentar os seus frangos. Você só precisa obter uma fórmula com algum técnico e ter em sua propriedade, máquinas para fazer a mistura da ração.

Cuidado com as fibras brutas

Esse alimento pode limitar a digestão do animal. É recomendável tomar cuidado com alimentos que tenham mais de 6% de fibra bruta.

Alimente com plantas e frutos

A vantagem é que são alimentos mais baratos, saudáveis e que resultará no aspecto e no sabor do frango, tanto a carne quanto os ovos.

Use áreas de pastagens

Além das plantas os frangos vão ingerir alguns insetos que são ricos em proteína.

Tenha uma estrutura

Existe uma estrutura básica para a criação do frango que inclui um sistema de piquetes para pastagens e um galpão para refúgio.

Atenção com a água

Não esqueça que a agua para o frango deve ser de boa qualidade e você não precisa restringir o consumo pelo animal, deixe ele beber à vontade.

Se atente a quantidade de ração diária

A sua criação deve se alimentar duas vezes ao dia, manhã e tarde. Não faça a alimentação após as 17 para evitar restos de ração que pode atrair outros animais.

Mantenha os pintinhos longe da galinha

Essa atitude serve para que você obtenha um melhor aproveitamento produtivo, e recomendável que os pintinhos sejam separados da galinha assim que nascerem e sejam mantidos em local bem aquecido e alimentação.

Cuidado com a altura do poleiro

É importante que o poleiro não seja muito alto, para que não provoque quedas, que pode fazer o animal quebrar alguma pata e ter que ser sacrificado.

Não faça uso de hormônios

Essa prática é proibida e estudos dizem que pode ser prejudicial para quem consome, portanto não tente acelerar o crescimento com isso.

Comedouros e bebedouros

Deixe os comedouros e bebedouros em uma altura que permita um fácil acesso para as aves, sempre os mantendo limpos.

Use aditivos

Como são proibidos os hormônios, você pode, para ajudar na captura da ração farelada pela ave, utilizar partículas de aditivos como óleo e açúcar em proporções que não comprometam a dieta.

Utilize probióticos

Eles são permitidos e trazem grandes benefícios na ordem sanitária para as aves.

Construção de galpões

Eles devem ser construídos com altura de pé direito, cortinas, aeração, disposição dos bebedouros e comedouros.

Mantenha o galpão limpo

Assim você evita que ratos e outros animais nocivos possam transmitir doenças para os frangos.

Seguindo esses passos a sua criação vai render um produto de qualidade!

[Total: 2    Média: 3.5/5]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *